Como funciona o Teste do Bafômetro?

O nome técnico e cientifico do aparelho que mede os níveis de álcool no sangue é Etilômetro, este nome foi dado aos diversos tipos de aparelhos utilizados em blitz policiais, este nome é dado a todos os aparelhos Bafômetros porque apesar de mecanismos diferentes todos utilizam reação química envolvendo álcool estílico para medir os níveis de álcool presentes nas baforadas.

A legislação brasileira e o código de trânsito brasileiro está entre os mais rigorosos do mundo a punição para os motoristas pegos embriagados prevê além de multa reclusão de 6 meses a 1 ano de prisão, o motorista que for pego com níveis de álcool acima de 0,1 m/l medido pelas baforadas deverá ter o carro apreendido, perde a habilitação e deve pagar multa de R$955,00.

O motorista que tiver níveis de álcool acima de 0,3 m/ l deve ser preso, a pena é de 6 meses a 1 ano de reclusão, pode ainda ter agravantes que aumentam o período de reclusão, o motorista que se recusa a fazer o Teste do Bafômetro tem o Carro Apreendido, Carteira de Habilitação Suspensa e deverá Pagar Multa, o Pagamento da Fiança para o motorista que for pego embriagado é no valor de R$1.200,00.

Teste do Bafômetro

Como Funciona o Bafômetro?

O Bafômetro é um aparelho portátil capaz de medir toda e qualquer concentração de álcool no sangue do motorista através de uma simples Baforada é possível saber se o motorista está embriagado e bebeu mais do que o permitido.

Para fazer a medição é necessário 1/5 l ( um litro e meio) de ar para fazer a medição isso equivale a um sopro de 15 segundos, quando você dá um gole em um copo de cerveja ou chope, o álcool começa a ser absorvido pelo estômago, cai na corrente sanguínea e passa na forma de vapor para os pulmões permitindo que o Teste do Bafômetro possa ser realizado através da medição das baforadas.

A Polícia Rodoviária Nacional possui 500 Bafômetros para 61 mil Km de rodovia seria um Bafômetro para cada 122 Km, na cidade de São Paulo há 60 aparelhos sendo utilizados em blitzes policiais. A lei do Bafômetro coloca o Brasil entre os 14 países mais rígidos do mundo segundo o Código de Trânsito e Legislação que prevê pena de prisão aos motoristas pegos embriagados.

Margem de Erro Bafômetro

Existe uma margem de erro do Bafômetro considerada minima, segundo o IMETRO a margem de erro do Bafômetro é de 0,007mg para quantidades menores do que o valor de 0,04 mg/l, ou seja existe uma margem de erro de 1% segundo IMETRO.

A margem de erro não é considerada para as baforadas de motoristas uma vez que uma taça de vinho ou um copo de cerveja contém 0,1 mg quantidade maior do que o dobro do valor da margem de erro.

O motorista que ingerir um pouco de álcool deve ter a quantidade da margem de erro já superada, é quase impossível ingerir a quantidade prevista da margem de erro, por causa da saliva, esse fator torna o Teste do Bafômetro muito seguro para ser aplicado nas vias brasileiras.

Curiosidades Sobre Bafômetro

Existem muitas teorias para enganar o Bafômetro, na maioria das vez estas teorias não funcionam, pesquisadores fizeram um teste e a Hiperventilação se mostrou como uma das teorias que funcionou melhor reduzindo a concentração momentânea de álcool na baforadas e também pode ser utilizada antes de fazer o Teste do Bafômetro.

A Hiperventilação consiste em inspirar muito ar e depois expirar tudo, ou seja respire fundo, a Hiperventilação deve ser feita repetidas vezes com força e velocidade em um período de 20 segundos para reduzir os níveis de álcool no organismo.

A concentração de álcool no sangue é reduzida em 25% com a Hiperventilação, este truque pode auxiliar quem bebeu um copo de cerveja, mas para quem bebeu muito a Hiperventilação torna-se ineficaz.