Licenciamento RS – Tabela, Consulta, Pagamento

O Licenciamento deve ser pago todos os anos através da Guia de Licenciamento, para fazer o licenciamento o carro precisa passar por uma vistoria, após a verificação de todos os itens de segurança é concedido ao veículo o Certificado de Licenciamento que deve ser transportado junto com o documento do carro, em caso de Blitz Policial será solicitado a carteira de habilitação do motorista, documento do carro e licenciamento, no caso de não cumprimento das normas legais falta da vistoria ou não pagamento da Guia de Licenciamento é considerado uma infração grave com perda de 7 pontos na carteira e apreensão do veículo, alem da multa a situação é agravada se o carro tiver irregularidades de qualquer natureza no chassi, emplacamento e ainda falta de um dos itens de segurança previsto em lei , serão acrescentados pontos na carteira do motorista e multas que somadas podem gerar a perda da Carteira de Habilitação.

Licenciamento RS

Licenciamento RS

O Licenciamento do Veículo obedece a ordem determinada por uma tabela onde são ordenados o mês e dois números finais da placa do veículo, no estado do Rio Grande do Sul a Guia de Recolhimento de Taxa de Inspeção do Licenciamento do Veículo deve chegar junto com o IPVA e a data de Licenciamento deve estabelecer critérios de vencimento do Licenciamento do Veículo no ano de 2017, o licenciamento do Carro segue ordem da  tabela independente que deve ser utilizada por todos os veículos que trafegam nas vias do Rio Grande do Sul.

tabela Licenciamento RS

 

Pagamento do Licenciamento e DPVAT

O pagamento da Guia de Licenciamento que é recebida junto com o IPVA do carro pode ser feito em qualquer agencia bancária do banco Itaú, Santander, Bradesco e Nossa Caixa, no caixa eletrônico da Caixa através do número do RENAVAM, a consulta aos valores pode ser feita também no endereço eletrônico www.detran.rs.gov.br, na emissão de boleto bancário que pode ser solicitado através do DETRAN-RS deverá ser cobrado o valor de taxa do correio, o pagamento também pode ser feito no site do DETRAN através de debito em conta ou em contas vinculadas através do número do RENAVAM.

O pagamento do DPVAT mais conhecido como seguro do carro só pode ser feito junto com o Licenciamento do veículo, onde será cobrada uma taxa para este seguro, o DPVAT não tem nada a ver com o seguro particular do carro que cobre despesas com mecânico, guincho e outras, o DPVAT é um seguro obrigatórios que não pode ser suspenso e atende possíveis acidentes de trânsito graves, cobre indenização com mortes, invalidez permanente e gastos com hospitais.

Inspeção ou Vistoria o Veículo 

Neste ano de 2018 a vistoria ou inspeção do veículo estará mais rigorosa será avaliada a emissão de gazes poluentes , a lei que esperou 20 anos para ser colocada em prática tem objetivo de contribuir com o meio ambiente diminuindo danos causados à camada de ozônio, o objetivo é que em 3 anos todos os carros sem condições de trafegarem por vias brasileiras sejam apreendidos, além da vistoria da emissão de gazes poluentes serão avaliados com maior atenção os cintos de segurança e estados de uso, cintos de segurança traseiro, pneus, placas e alterações no chassi e também a utilização de vidros e insulfilmes em tonalidades muito escura que não serão tolerados.

No estado do Rio Grande do Sul estarão isentos de Licenciamento 2018 reboques, veículos com mais de 15 anos de fabricação, veículos de entidades filantrópicas, veículos de aluguel, veículos oficiais( federais, estaduais e municipais) e veículos adaptados para portadores de deficiência física.

Os veículos que não estão classificados na lista acima indicada deverão fazer o licenciamento, caso isto não ocorra a penalidade para a frota de veículos no Rio Grande do Sul segue padrões determinados pelo DETRAN e Código de Trânsito Nacional em caso de apreensão o veículo sem o licenciamento será multado e apreendido, o motorista perde 7 pontos na carteira por infração grave ao código de trânsito brasileiro.