Dicas para cotação de Seguro de Carros e Motos

Se você tem um carro ou moto e morre de medo de acontecer algum imprevisto, como um acidente ou um roubo, recomendo que leia este artigo até o final, pois nele há dicas essenciais para a cotação desses seguros. Afinal, sempre é bom saber melhor sobre esses seguros se você tem um carro ou uma moto.

Dicas para cotação de Seguro de Carros e Motos

Dicas para cotação de Seguro

Se você fazer uma pesquisa rápida no Google, vai descobrir que existem agências bancárias, como o Banco do Brasil e o Santander, além da seguradora Porto Seguros, que oferecem opções de seguro para os contratantes. Essas empresas oferecem:

  • Cobertura completa;
  • Assistência 24h;
  • Danos a terceiros;
  • Cobertura para acessórios;
  • Entre outras coisas.

Os segurados ainda recebem, além dessas coisas, descontos em oficinas especializadas, despachante, desconto em acessórios e serviços emergenciais gratuitos.

Qual a necessidade de contratar um seguro?

Tendo em vista o fato de que o seguro é constante, é comum que as pessoas pensem na necessidade dele. Entretanto, é importante salientar que o seguro vai funcionar em casos onde você sofre danos materiais em carro ou moto, tanto por conta de roubos quanto por conta de acidentes.

É muito caro?

O valor do seguro vai depender de alguns fatores, como os riscos que você sofre e o serviço contratado, como seguro para roubos, incêndios e colisões, além de outros. Primeiro, você escolhe o serviço a ser contratado, para que depois calculem a probabilidade de acontecer o que você teme que aconteça. É por isso que o valor do seguro é muito relativo.

Alguns fatores proporcionam um visível aumento no valor final do serviço, como:

  • Idade do condutor;
  • Os preços das peças de reposição;
  • Os lugares onde o veículo costuma circular;
  • E, o mais óbvio, se o modelo do veículo costuma ser alvo de roubos.

Mas você pode pagar mais barato no seguro, caso implemente algumas técnicas que diminuem o preço final a ser pago. Essas dicas são:

  • Deixar o veículo na garagem ou em estacionamentos fechados. Para você ter uma ideia, ter uma garagem em sua casa pode diminuir o custo em até 25%;
  • Outro fator que aumenta o preço do seguro é a inexperiência do condutor, então fique atento a isso!
  • Para diminuir mais o risco de algo negativo acontecer ao seu veículo, você pode implementar rastreadores e outros dispositivos contra roubos, e assim o valor diminui.
  • Você deve cobrir o que for de extrema importância, é o básico, e há vários tipos de coberturas, como a completa e a parcial.
  • Se você não usa o carro ou a moto com frequência, ou seja, se o uso é eventual, o custo dele será menor.
  • Se você nunca tiver tido um registro de incidente, o custo também é menor.
  • A última dica que vamos apresentar é a de não mentir para a seguradora, mostrando informações que não estão corretas a fim de benefício próprio.

Seguindo essas dicas, é provável que você faça um bom negócio!