4 formas de economizar ao comprar um carro

Para muitas famílias, a compra de um carro é um sonho, seja este semi-novo ou novo. Por isto, anualmente, milhares de carros são adquiridas e famílias passam a organizar o orçamento para adquirir o bem. Como um carro é uma compra de alto valor agregado, é necessário muito planejamento financeiro para que isto seja efetuado, da forma correta.

Ainda, principalmente no Brasil, onde em diversas cidades o transporte público é ruim e os indivíduos moram em zonas afastadas de seus trabalhados, como as rurais, os carros tornam-se uma necessidade. 

É uma necessidade de solucionar um grave problema de transporte público, visto que as famílias passam a independer desta serviço e tornam-se mais autônomos. Ou seja, além de um sonho apenas, os carros também são bens a serem adquiridos por um motivo maior do que o desejo.

Porém, como mencionado, os carros são caros. Por isto, a compra deste bem deve ser feita apenas depois de muito estudo, pesquisa e cuidado. Além de planejar-se para o pagamento do veículo em si, as famílias também devem pensar na manutenção que ele irá precisar. Em diversas situações, pessoas compram carros de forma impensada e, então precisam devolvê-los, por não conseguirem arcar com o financiamento ou com as despesas do veículo em si.

Por isto, iremos expor abaixo quatro formas de economizar ao comprar um carro, algo que já irá aliviar o orçamento de muitos que possuem este objetivo.

4 métodos de economizar na compra de um carro

Determine o seu orçamento

Um erro muito comum na compra de diversos bens, não só de carros, é a falta de um orçamento determinado. Quando o indivíduo vai à lojas a procura de um veículo, ele deve ter em mente quanto ele pode gastar. E, obviamente, este valor deve ser coerente com a sua realidade financeira. Porém, muitos não determinam este número antes de saírem em busca do veículo. E, por isto, são convencidos pelos vendedores a levarem carros que, por vezes, está fora do seu orçamento.

É fácil se convencer de que você precisa de um veículo mais caro do que pode pagar, quando se está rodeado de vendedores e não há um número fixo em sua mente. Ou seja, para evitar tal situação, antes mesmo que começar a sua procura pelo seu veículo, determine o seu orçamento. Quanto você pode gastar?

Determine a forma de pagamento que irá utilizar

Parece estranho dizer que você deve determinar a forma de pagamento que irá utilizar antes mesmo de definir o modelo do carro, mas isto é o melhor a se fazer quando se trata de economia. 

Agora que já foi determinado o seu orçamento, escolha como você irá pagar este carro. Este pagamento pode ser a vista? Se há esta possibilidade, opte por ela. Os pagamentos a vista não têm altos juros e taxas, o que é uma grande economia para o consumidor.

Porém, sabe-se que grande parte dos consumidores não possuem a condição de adquirir um veículo à vista e, portanto, devem parcelar. Se este for o seu caso, tenha em mente qual o tempo mínimo que você pode pagar o seu veículo. 

Isto porque, quanto menos parcelas, menos juros. Para realizar esta conta, basta determinar o máximo que poderá arcar por mês com o financiamento do seu carro e qual a entrada que poderá dar.

Desta forma, ao chegar em um concessionária, saberá exatamente quanto pode gastar, qual a entrada que dará e quanto pode arcar por mês com as parcelas do seu carro, de forma que o pagamento total seja feito rapidamente. Mantenha-se firma a estas informações.

Pesquise um veículo que caiba em seu orçamento

Antes de realizarmos qualquer tipo de compra, seja está cara ou barata, devemos realizar uma pesquisa de mercado para sabermos qual produto se encaixa no orçamento determinado. 

E, com os carros, isto não é diferente. Para determinar qual veículo irá adquirir, comece fazendo uma lista dos itens que considera indispensáveis em um carro.

Por exemplo, o veículo precisa ter rádio automotivo, ar-condicionado ou mesmo quatro portas? Escreva todos os acessórios que você considera importantes e, também, os que são dispensáveis. 

Esta lista também pode abranger as dimensões do carro, o que também interfere no valor. Caso você não trabalhe transportando coisas em seu veículo ou viaje constantemente, o carro não precisará ter um porta-malas grande, o que já é algo a se considerar.

Com esta lista bem elaborada, você conseguirá afunilar a sua pesquisa até encontrar o modelo perfeito para você. É importante mencionar que, ao escolher o modelo, também deve considerar quantos quilômetros o veículo faz por litro. Caso o carro seja muito requisitado pela família, deve-se considerar ter um veículo mais econômico.

Opte por um carro semi-novo

No Brasil, principalmente, os carros novos, chamados também de “carros zero”, costumam ser caros. Por isto, caso seja possível, opte por um veículo semi-novo. 

Dessa forma, você até mesmo poderá adquirir um modelo que comumente é mais caro, novo, mas que usado será mais em contato. Deve-se levar em conta que no mercado há diversos carros semi-novos que estão em ótimas condições, mas que ainda assim são mais baratos.

Seguindo estas dicas, sem dúvidas irá conseguir economizar na compra do seu carro, de forma prática e efetiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *