CNH social gratuita – Veja como tirar a sua

Saber dirigir no Brasil, um país que preza muito pelo transporte rodoviário, pode ser útil não apenas por comodidade, como também para se inserir no mercado de trabalho. No entanto, o processo de tirar a carteira não é tão simples e pode acabar pesando no bolso. Em uma realidade dura como a brasileira, uma parcela grande da população não tem condições de pagar autoescola e nem documentação e para ajudar essa parte da população foi criado o programa CNH social gratuita.

como tirar CNH social gratuita

CNH social gratuita – Veja como tirar a sua

CNH social gratuita

Alguns estados instituíram o benefício da CNH Social – infelizmente ainda não há uma legislação federal que estabeleça programas de gratuidade em todo o território nacional. O DETRAN dos estados de Amazonas, Ceará, Paraíba e Pernambuco oferecem isenção das taxas de habilitação e valores das aulas no Centro de Formação de Condutores.

Requisitos do programa

Os principais requisitos para participar é ter mais de 18 anos e possuir renda familiar de até 2 salários mínimos (em alguns casos, até 3).

O programa também abrange: desempregados há pelo menos 1 ano; beneficiários de qualquer programa de transferência de renda como o Bolsa Família; portadores de deficiência; estudantes de escola pública; egressos do sistema penitenciário.

Não poderão participar do programa quem já tiver iniciado o processo de habilitação em andamento, quem tiver a CNH cassada ou para quem cometeu crimes de trânsito. O programa contempla principalmente a 1º Habilitação nas categorias A e B e, em alguns casos, mudança de categoria para C, D e E.

Como me Inscrever?

As inscrições geralmente são abertas uma vez por ano. Para se inscrever, é necessário apresentar original e cópia dos seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de renda, comprovante de residência e, em alguns casos, comprovante do segmento a que você pertence (estudante de escola pública, portador de deficiência, egresso do sistema penitenciário ou beneficiário do Bolsa Família). Em alguns estados, como Ceará e Pernambuco, a inscrição pode ser feita online.

Alguns estados oferecem programas alternativos, como Acre, Bahia, Maranhão e Sergipe, e são geralmente focados para estudantes de escolas públicas. Espírito Santo e Rio Grande do Sul estão com o programa suspenso por dificuldades financeiras. Algumas cidades do estado de São Paulo possuem programas locais para tirar a carteira gratuitamente – Jacareí, Taubaté, Guarulhos, Santo André e Campinas.

Em caso de dúvidas, procure se informar junto à unidade do DETRAN mais próxima de sua residência ou através do site do DETRAN de seu estado. Fique atento às datas, pois geralmente as inscrições são abertas apenas uma vez por ano.

Outra Alternativa ao programa CNH Social

Para quem mora em estados que não possuem nenhum tipo de programa de CNH social, uma outra alternativa é se inscrever no programa do SEST/SENAT – Serviço Social do Transporte/Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte, órgãos do governo federal. Os requisitos são basicamente os mesmos.

As inscrições são abertas geralmente no começo do ano, com abertura de vagas remanescentes no meio do ano. O programa possui teto de frequência e nota de corte. Fique bastante atento aos requisitos! Em caso de dúvidas, você pode procurar o serviço do SEST/SENAT de seu estado, pessoalmente, por telefone ou e-mail. Boa sorte e sucesso!